Hospital de Cirurgia proporciona curso de suporte básico de vida para funcionários

14 de dezembro de 2020

A proposta foi capacitar os profissionais que já fazem parte da equipe de brigada de incêndio do hospital

Nos últimos dias 9 e 10 de dezembro, os funcionários do Hospital de Cirurgia, que já fazem parte da equipe de brigada de incêndio, passaram por uma atualização sobre suporte básico de vida, para, se houver necessidade, atuar com total segurança em situações de emergência. O curso contou com parte teórica e prática e foi ministrado pela enfermeira Edna Bispo, coordenadora do Núcleo de Educação Permanente (NEP) do hospital, em parceria com o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMET).

Leia mais

Atualizado neste ano de 2020, o protocolo utilizado pelo hospital na capacitação foi o da American Heart Association (Associação Americana do Coração), pensando, além de preparar os profissionais, em atualizá-los com o que existe de mais novo e atual em protocolos mundiais. Durante o treinamento, a facilitadora deu ênfase à compressão torácica efetiva, abordando toda a parte de avaliação e reconhecimento de uma parada cardiorrespiratória.

“Já é comprovado cientificamente, através de estudos, que um suporte básico bem realizado, aumenta muito as chances de sobrevivência de um doente e este foi o nosso objetivo principal. Detalhamos sobre o posicionamento, ritmo, força, e o motivo pelo qual a compressão torácica efetiva é a parte que consideramos mais importante depois do reconhecimento que o indivíduo está em uma parada cardiorrespiratória”, destaca Edna Bispo.

“Isto é um aprimoramento. A equipe de brigada de incêndio é composta por 75 funcionários de diversas unidades e setores do hospital e das mais diversas categorias profissionais, por isso, este curso é grande valia para todos nós”, enfatiza Claudon Mota, coordenador do SESMET.

Para a funcionária Marilene Santos Silva, técnica de enfermagem lotada na UTI Cardiológica, o curso foi maravilhoso. “Esta foi uma grande oportunidade que a direção do hospital nos deu. Primeiro fiz o curso de brigada de incêndio e faço parte da equipe, agora esta atualização que nos ensinou muito sobre a vida do ser humano, incluindo muita coisa que eu não sabia. Todas as vezes que tiver um curso assim, eu quero participar, pois quero aprender cada vez mais e quando encontrar com algum representante da direção, quero agradecer pessoalmente”, diz Marilene.

No final do curso foram realizadas, ainda, simulações de desabamento e de uma parada cardiorrespiratória para que todos pudessem colocar em prática os pontos mais importantes sobre remoção, imobilização e ressuscitação cardiopulmonar, bem como protocolos de avaliação primária.

Postado em Novidades, Saúde